Luís Tinoco

“Costa Muda”, “Before Spring” e “Invenção Sobre Paisagem” na CdM

Casa da Música

Casa da Música

Depois da estreia portuguesa de FrisLand no mês de Março, a Casa da Música irá apresentar em Maio mais três composições de Luís Tinoco, começando com Costa Muda para Orquestra de Jazz, interpretada pela Orquestra de Jazz de Matosinhos dirigida por Pedro Guedes. Dois dias mais tarde, a Orquestra Sinfónica do Porto, sob direcção de Martin André, interpretará Before Spring (uma partitura originalmente escrita para um ensemble de 16 músicos e posteriormente adaptada para orquestra sinfónica). Este conjunto de concertos ficará completo com Invenção Sobre Paisagem, uma peça escrita em 2001 para ser estreada no contexto da Capital Cultural Europeia – Porto 2001, e estreada pelo Remix Ensemble e a maestrina Sarah Ioannides. Para esta nova apresentação, o Remix Ensemble será dirigido por Pedro Neves.

OJM_Orq.Sinf.Porto_Remix

OJM_Orq.Sinf.Porto_Remix

Para mais informações sobre estes concertos, clique aquiaqui e aqui. Para ver e ouvir excertos de duas destas composições, clique aqui e aqui.

“Costa Muda” – Orquestra de Jazz de Matosinhos - 11 Maio, 22.00h

“Before Spring” – Orquestra Sinfónica do Porto - 13 Maio, 18.00h

“Invenção Sobre Paisagem” – Remix Ensemble - 16 Maio, 19.30h

“Frisland” – estreia portuguesa na Casa da Música

frisland2No dia 25 de Março, às 18.00h., na Casa da Música /Sala Suggia, a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música dirigida por Olari Elts irá interpretar a estreia Portuguesa de Frisland - uma peça sinfónica dedicada ao compositor e guitarrista de jazz norte-americano Bill Frisell, escrita por Luís Tinoco em 2014 para o ciclo “Sonic Evolution” promovido pela Orquestra Sinfónica de Seattle.

Frisland teve a sua estreia a 6 de Junho de 2014 no Benaroya Hall em Seattle, interpretada pela Orquestra Sinfónica de Seattle sob direcção de Ludovic Morlot. Para ouvir um excerto desta estreia siga este vídeo aqui.

O próximo concerto na Casa da Música, intitulado “No Mundo do Jazz” incluirá mais três obras compostas por Frank ZappaJohn Adams e Mason Bates. Clique aqui para mais informações.

Frisland é a primeira de várias peças de Luís Tinoco a serem interpretadas na presente temporada da Casa da Música, no âmbito da sua ligação a este auditório como Compositor Associado.

Concerto de Violoncelo – Estreia mundial

650px_e588270ff61be4889815Nos dias 18 e 19 de Fevereiro, no Teatro Municipal de Almada e Centro Cultural de Belém, Filipe Quaresma e a Orquestra Sinfónica Portuguesa dirigida por Pedro Neves irão estrear a composição mais recente de Luís Tinoco.
Concerto para Violoncelo e Orquestra, é dedicado a Filipe Quaresma e resulta de uma encomenda da Opart / Teatro Nacional de São Carlos, no contexto do programa “Compositor em Residência”.
Clique aqui e aqui para mais informações.

Luís Tinoco, Compositor Residente no Teatro Nacional de São Carlos

photo by Katharine Rawdon

Luís Tinoco assumirá o cargo de Compositor Residente no Teatro Nacional de São Carlos a partir do início da Temporada de 2016/17. No contexto desta Residência, irá trabalhar em projectos de música de cena e de música sinfónica com a  Orquestra Sinfónica Portuguesa, começando pela estreia de um Concerto de Violoncelo escrito para Filipe Quaresma e com direcção do maestro Pedro Neves. Clique aqui para mais informações. Filipe_Quaresma

Durante esta associação, Tinoco irá desempenhar também um papel activo em várias actividades educativas da OSP e do TNSC, acompanhando o trabalho de quatro jovens compositores.

Colaborações anteriores com o Teatro de São Carlos incluem a escrita da ópera de câmara Paint Me – uma co-produção da Culturgest com libreto de Stephen Plaice e encenação de Rui Horta - e, mais recentemente, a composição de Incipit, para orquestra sinfónica.

Tinoco no Youtube

Clique nas seguintes ligações para ver e ouvir alguns excertos de peças de câmara, orquestrais e teatro musical.